“Amor-te”, exposição com retratos de doentes terminais, inaugurada em Lisboa

A vida e a morte fixadas nos rostos de doentes terminais fazem da exposição “Amor-te”, que se inaugura terça-feira em Lisboa, um “apelo para o problema dos cuidados paliativos”, afirmou à agência Lusa fonte da organização.

Publicado pela RTP em Outubro 2006.

Ler mais aqui.

M-gua.0